ORIENTAÇÕES PRE PROCEDIMENTOS DE ELETROFISIOLOGIA

Como o coração funciona?

O coração funciona como uma bomba que tem como função bombear o sangue através do corpo, para isto se faz necessário um comando elétrico para iniciar o batimento cardíaco. Esse comando ocorre através de um estimulo elétrico que se origina no átrio em uma região denominada nódulo sinusal, que é a responsável por ditar a frequência do coração.

Este estímulo elétrico percorre todo o coração através do sistema de condução elétrico, que é constituído por estruturas como o nódulo atrioventricular e o feixe de His, responsáveis pela transmissão dos impulsos elétricos dos átrios para os ventrículos.

Em algumas situações podemos encontrar alterações nesse sistema elétrico (curtos-circuitos), que são as causas das taquicardias ou das palpitações e em casos menos frequentes podem ocasionar síncopes (desmaios).

Outros transtornos do sistema elétrico também podem causar bradicardias, que ocorrem em decorrência da falha na condução elétrica do coração, ocasionando síncopes, pré-síncopes (tonturas) e cansaço.

O que é Estudo Eletrofisiológico?

 

O estudo eletrofisiológico é um exame cardiológico invasivo que é realizado através de cateteres/eletrodos posicionados no coração (através das veias para estudar o sistema elétrico cardíaco). O estudo eletrofisiológico, além disso, também é a primeira parte da ablação por cateter, pois, é através deste exame que se torna possível diagnosticar o local da arritmia cardíaca. Por isso, este exame é fundamental para diagnosticar a causa de sua arritmia.

O que é ablação por cateter com radiofrequência?

É um método de tratamento invasivo das taquiarritmias onde se realiza o isolamento elétrico do foco da arritmia através de cauterização por cateter de radiofrequência.

 

Cuidados no pré-ablação/ estudo eletrofisiológico:

Confirme no momento da marcação sobre a manutenção de seus medicamentos, pois em alguns casos serão suspensas as medicações antiarrítmicas e anticoagulantes.

Medicamentos para controle da pressão arterial não deverão ser descontinuadas e as de controle do diabetes deverão ser suspensas (devido ao jejum) apenas no dia da cirurgia.

O jejum deverá ser de 8 horas.

Não hesite em perguntar sobre quaisquer dúvidas e em qualquer momento aos nossos membros da equipe, pois sua tranquilidade é muito importante para nós.

Cuidados imediatos no pós-ablação:

 

Após ablação você devera manter suas pernas imóveis por um período de 8 a 12 horas.

Na alta hospitalar:

  • Evite esforços por um período de 7 dias.
  • Apenas lave o local da punção com água e sabão, mantendo-o sempre seco e limpo.
  • O retorno ao trabalho geralmente ocorre dentro de alguns dias, mas será confirmado com seu médico.
  • Você receberá a descrição cirúrgica no dia do procedimento, peça para seus familiares aguardarem o recebimento do mesmo ao término deste.
  • Entre em contato conosco em caso de qualquer alteração no aspecto da ferida (“vermelhidão”, saída de secreção e hematoma).

01 203

arritmia_radiofrequencia